xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml" xml:lang="en" lang="en"> Mesa Mundi: Janeiro 2006

Mesa Mundi

Um blog geográfico/gastronômico prá você. Cada postagem um país, sua história, curiosidades, dados econômicos e receitas típicas. Uma variação mais culta da Cozinha do Xúnior.

Minha foto
Nome:
Local: Goiânia, Goiás, Brazil

Às vezes poeta maldito, noutras, aprendiz da maldade. Às vezes vale o escrito, noutras, só a verdade. Completamente louco e imprevisível. Cozinheiro por vocação e prazer, bluzeiro de raiz, goiano orgulhoso, torcedor do Goiás E.C. (Avião Verde), feliz, com 2 filhos maravilhosos e a Branquinha.

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Empanadas Argentinas




Ingredientes:





Massa:

  • 500g. de farinha de trigo;
  • 10g. de fermento biológico;
  • 400ml. de água mineral;
  • 1 pitada de sal;
  • 1 colher das de sopa de óleo de soja.

Modo de preparo:

Numa superfície seca e limpa, espalhe a farinha de trigo deixando um buraco no centro para adicionar a água ,o fermento, o óleo e o sal, dissolva tudo e misture à massa até ficar bem firme, se necessário, acrescente mais água. Misture até a massa ficar bem lisa e macia. Corte pequenos pedaços de massa formando pequenos pães, cubra com filme plástico e deixe descansar por meia hora. Coloque a massa em uma superfície enfarinhada e faça pequenas rodelas (como pequenas pizzas) bem finas. As empanadas são servidas como pastéis, ou seja, recheadas e fechadas tal como.

Recheio:

  • 200g. de músculo bovino moído;
  • 1/2 chávena de uvas passas sem sementes;
  • 3 ovos cozidos picados;
  • 8 azeitonas pretas sem caroço;
  • 1 colher das de sopa de açúcar;
  • sal a gosto;
  • 1/2 colher das de chá de cominho moído.

Modo de preparo:

Em uma panela, cubra o fundo com o óleo. Coloque a carne, o sal, o açúcar e o cominho mexendo até cozinhar. Deixe as uvas passas de molho por meia hora. Passado esse tempo acrescente-as à carne e espere esfriar. Recheie a massa com a carne os ovos cozidos picados e as azeitonas e feche-as como um pastel. Pincele margarina por cima e leve ao forno até dourar.

Dica:

Sirva bem quente com um bom vinho tinto argentino, como entrada para algum assado especial. Rendimento 14 empanadas

domingo, janeiro 22, 2006

Argentina



A bola da vez (sem trocadilhos, por favor) é a Argentina. Nosso vizinho com uma rivalidade histórica no futebol e em outras áreas, tem uma população de trinta e oito milhões de habitantes e sua capital é a charmosa Buenos Aires (3.000.000 de habitantes). País de língua e colonização espanhola tem o peso argentino como moeda oficial e uma área de mais ou menos 2,8 milhões de Km2.

Sua colonização se deu por volta de 1516 pelo navegador espanhol Juan Diáz de Solís, criando a colônia de Buenos Aires. Sua independência se deu por volta de 1816, o que desencadeou um conflito entre federalistas e centralistas que só acabou com a promulgação da nova constituição em 1853. À partir de então o país foi dominado por conflitos políticos entre conservadores e liberais e facções civis e militares, mas no século XX foi impulsionada por um grande avanço econômico, chegando até ser comparada aos países europeus em qualidade de vida. Após a 2ª Guerra Mundial, houve a ascenção do movimento peronista, polarizando o país e deixando as juntas militares cada vez mais fortes e sangrentas que se alternaram no poder com democracias frágeis até 1983, culminando com graves problemas econômicos, convulsões sociais e terminou com a derrota na Guerra das Malvinas.

Hoje, a Argentina após vários planos econômicos, vive um período de relativa prosperidade. Seu PIB interno estimado em 180 bilhões de dólares o coloca em 37º lugar entre as economias mundiais, seu PIB per capta é de aproximadamente U$4.400,00.

Na culinária argentina, a carne bovina é bastante apreciada, seja em churrascos tradicionais ou em pratos mais elaborados. A cozinha espanhola, italiana e indígena se misturam em receitas saborosas como as empanadas e as parrilhadas, ricas em proteínas e sabor. Suas bebidas tradicionais são os vinhos nacionais (de ótima qualidade) e o chá de erva mate.

sábado, janeiro 14, 2006

Tomatican (receita chilena)

  • Ingredientes:

    400g. de alcatra em cubos;
    6 tomates médios sem pele;
    200g. de milho verde;
    2 cebolas médias em rodelas;
    2 colheres das de sopa de páprica picante;
    3 dentes de alho espremido;
    3 colheres das de sopa de azeite;
    Sal, pimenta-do-reino, pimenta malagueta a gosto.

Modo de preparo:

Esquente o azeite em uma panela, acrescente a carne, as cebolas o alho e a páprica e deixe até dourar. Acrescente os tomates e o milho, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 30 minutos. o caldo deve ficar bem espesso.


Dica:


Sirva com batatas cozidas com um bom tinto chileno e sinta-se nos Lagos Andinos.

Mesa Mundi (Chile)


País localizado no sudoeste do continente sul-americano, cujo a capital é Santiago do Chile (6 milhões de habitantes) sua forma se assemelha muito ao nosso glorioso ex-presidente Marco Maciel.
Último país a ser ocupado pelos espanhóis, o Chile só foi avistado em 1520, quando Fernando de Magalhães descobriu o estreito que hoje leva seu nome. Conseguiu sua independência em 1817 com a vitória de Chacabuco. Em 1973, o então presidente Salvador Allende é deposto do governo e morre durante o golpe. O chile passa a ser governado por uma junta militar presidida pelo Gal. Augusto Pinochet (cargo que ocupou até 1990). Depois dos anos obscuros da ditadura, o Chile hoje experimenta um crescimento econômico exemplar e se tornou o país com a economia mais confiável da américa do sul (US$11.000,00 o PIB per capta).
Com uma área de 756mil km2 e uma população de 16 milhões de pessoas, o chile é cortado de norte a sul pela Cordilheira dos Andes, essa peculiaridade geográfica fez nascer o Deserto de Atacama, o lugar mais seco do mundo com uma média anual de 0,5mm de chuva. Isso faz de Atacama o lugar com um dos céus mais límpidos do planeta, ideal para a astronomia.
Com o fim da ditadura e a consequente abertura econômica, o Chile se transformou em uma potência na produção de vinhos. Vigorosos investimentos da França, Espanha e EUA, somados à força de trabalho estável e ao clima propício, fizeram do Chile o maior e melhor produtor de vinhos do novo mundo.
A culinária da Terra do Fogo tem como ponto forte as empanadas. Pastéis de carne e cebolas muito picantes temperados com pimenta caiena ou de queijo com mariscos. Há também os pastéis de choclo (milho), as cazuelas (caçarolas) de carne ou aves, entre outros.

sexta-feira, janeiro 13, 2006

Uma viagem virtual à America do Sul


O continente em que moramos nos esconde belezas e curiosidades que muitas vezes desconhecemos. Começaremos por ele em nossa viagem gastronômica.
Subcontinente americano cuja a extensão é de quase 18 milhões de km2, 12% da superfície terrestre. Com aproximadamente 304 milhões de habitantes, seus paízes são: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Venezuela, Guiana, Guiana Francesa e Suriname.
Cordilheira dos Andes, Floresta Amazônica, praias maravilhosas, clima tropical, estações de esqui e uma infinidade de culturas diferentes fazem desse continente, um enorme baú de diversidades. Não poderia ser diferente com a culinária, as variações de tempero e preparo de um país para outro, nos faz crer que estamos rodando o mundo. Aqui você vai encontrar muita coisa bacana sobre o seu país e seus vizinhos. Boa viagem e bom apetite!